Rádio Web MJ

quarta-feira, 19 de julho de 2017

CoopecMarca registra mais crescimento e se consolidada como referência no serviço de reciclagem para Alagoas

Não é a toa que os resultados bastante positivos vêm surgindo com o passar do tempo, na vida dos cooperados da Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis de Campo Alegre - AL. A olhos vistos tudo mudou, e para muito melhor. Com planejamentos diários, semanais e mensais, aliados às parcerias feitas com a Prefeitura Municipal e com algumas empresas privadas de dentro e de fora do município, e com a determinação voluntária de cada membro da equipe, em ultrapassar as metas traçadas, o ganho financeiro tem sido garantido pelo valor mínimo de Novecentos e Dezoito Reais (R$ 918,00), acrescidos ainda pela entrega mensal de cestas básicas garantidas pela gestão de quem se preocupa em incentivar o fortalecimento de algo quem vem dando muito certo no município.

Inclusive, servindo de bom exemplo operacional e de estímulo competitivo e necessário para os demais municípios de todo o estado. Ou seja, grupos isolados de cidadãos e cidadãs que, há dois anos, dependiam da coleta desordenada de materiais nas ruas e nos lixões, e que exerciam essa atividade de maneira totalmente insalubre, sem garantia alguma de arrecadação digna para o próprio sustento, hoje podem levar para casa um ganho financeiro compatível com a realidade atual do mercado de trabalho, e ainda, de sobra, a certeza de que, quanto mais o tempo passa, mais e mais a CoopecMarca proporciona a seus membros maiores confiabilidade, segurança laboral e rendimento flexível dentro das expectativas.

Além das bicicletas ecológicas, doadas pelo Projeto Relix (com apoio do SEBRAE e da SEMARH), e que têm sido de suma importância para a própria percepção da comunidade, quanto à importância da execução diária desse trabalho ambiental, e que não deixa de ser, também, de cunho social, pois, como bem sabido por todos, várias famílias dependem dele.

Em breve a cooperativa irá receber um grande e oportuno reforço na sua estrutura física (ampliação do telhado e implantação de maior número de lâmpadas), na logística operacional, uma vez que, graças ao convênio firmado entre as partes, e a isso se deve a oportunidade desse experimento, o município estará disponibilizando um transporte exclusivo para contribuir com a arrecadação da Coleta Seletiva, durante todo o mês de agosto do ano em curso.

Para Luiz Lorhans, coordenador da Secretaria Municipal de Agricultura e de Meio Ambiente, que há dois anos supervisiona a cooperativa de catadores, e que tem pela frente o desafiante objetivo pessoal de aumentar o rendimento financeiro dos cooperados em, pelo menos, 30% nos próximos cinco meses, ficam aí as dicas para quem duvida desse propósito delineado na cabeça de quem está focado no sucesso profissional e pessoal de seus semelhantes:

- “Quem aposta nas dificuldades não conhece conquistas”.
E, também:
- “Quem acredita no impossível desacredita de si mesmo”.

Então, baseados nesses princípios, façamos todos a nossa parte e contribuamos todos os dias com a Coleta Seletiva da nossa cidade, separando do lixo em nossa porta todo o material a ser coletado pelos cooperados, e ajudemos uns aos outros a desfrutar de um meio ambiente muito mais limpo e ecologicamente correto.

Nenhum comentário: