Rádio Web MJ

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Campo Alegre desenvolve ações de combate à sífilis congênita e já alcançam resultados positivos

A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) causada pela bactéria Treponema pallidum. Ela pode ser transmitida por relação sexual sem camisinha com uma pessoa infectada, pela mãe infectada para a criança durante a gestação ou pelo parto.

Epidemia – Segundo dados do Boletim Epidemiológico de 2016, entre os anos de 2014 e 2015, a sífilis adquirida teve um aumento de 32,7%, a sífilis em gestantes 20,9% e a congênita, de 19%.

Diferente da realidade nacional, o município de Campo Alegre já vem desenvolvendo ações de combate a sífilis congênita, e para os próximos meses desenvolveu uma agenda de ações estratégicas para o controle da sífilis congênita.

As ações de combate à sífilis congênita no município são coordenadas pela Atenção Básica de saúde através do coordenador enfermeiro George Leite. DE acordo com o coordenador o município tem saído na frente nas ações de combate a doença e já vem tendo muitos resultados positivos. 

Diagnóstico fácil

A detecção da sífilis é feita por meio de testes rápidos disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS), e o município de Campo Alegre conta com os serviços nas Unidades Básicas de Saúde.

Para as gestantes, a indicação da realização dos testes rápidos é feita já na primeira consulta do pré-natal, daí a importância da conscientização de mães e seus parceiros, para iniciar o pré-natal ainda no primeiro trimestre da gravidez.

Nenhum comentário: