Rádio Web MJ

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Alunos do Projeto Soldadinho Verde e Guarda Mirim participaram de visita a Reserva Ambiental Madeiras

Integrantes dos Projetos desenvolvidos na cidade e Distrito de Luziápolis conheceram a reserva pertencente à Usina Seresta 
 
Na ultima semana os jovens que integram o Projeto Soldadinho Verde e o Projeto Guarda Mirim de Campo Alegre do Distrito de Luziápolis, participaram de uma visita a Reserva Madeiras, pertencente à Usina Seresta. Durante a visita os adolescentes participaram de um café da manhã e em seguida conheceram a reserva e tiraram muitas dúvidas sobre a importância da preservação ambiental. A reserva é composta por várias espécies de árvores nativas que são preservadas pelo Projeto Recor.

Os alunos também foram presenteados com kits brindes do projeto Recor composto por bonés, canetas e squeezes. Dois adolescentes atendidos pela Unidade de Acolhimento de Luziápolis também participaram da visita.

Eles foram acompanhados pelos gestores dos projetos, diretores dos Serviços de Convivência, o diretor da Guarda Municipal Adenilson Celestino e o secretário de Agricultura e Meio Ambiente Leonardo Monteiro. Durante a visita eles foram recepcionados pelos responsáveis pela reserva os técnicos ambientais Ângelo Ferreira e Ricardo Moreira.

O Projeto Soldadinho Verde e a Guarda Mirim são projetos implantados no município no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e são gerenciados em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direito a Cidadania e Secretaria Municipal de Segurança Institucional.

O objetivo principal da visita foi com o pensamento de despertar cada vez mais nas crianças e adolescentes do município a consciência em preservar e cuidar do Meio Ambiente.

Projeto Recor

O projeto Recor é uma iniciativa da AGERH – Associação Pró-Gestão dos Recursos Hídricos da Região Hidrográfica do Rio Coruripe, através do Comitê da Bacia Hidrográfica do Coruripe, em parceria com a Usina Seresta, com apoio da Usina Coruripe, e patrocínio da Petrobras, através do programa Petrobras Ambiental.




Nenhum comentário: