Rádio Web MJ

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Conisul oferta consultas, exames e cirurgias a mais de 500 mil alagoanos

Em convênio firmado entre a Secretaria de Estado da Saúde (SESAU) e o CONISUL, em junho de 2014, já repassou o montante de R$8.964.000,00, recursos destinados à realização de consultas, exames e cirurgias especializadas. 

Em um ano e meio, foram realizados 228.581 exames, 13.230 consultas médicas especializadas e 1.427 cirurgias. Graças ao grande volume de procedimentos realizados em pouco tempo, os municípios vem controlando as filas de espera e garantindo maior eficiência nos tratamentos de saúde da população da Região Sul.

A expectativa do CONISUL é continuar expandindo a aquisição de produtos para as prefeituras, ampliando a participação dos municípios alagoanos, fazendo compras de itens de forma mais econômica, planejada e consciente. 

O município de Campo Alegre é um dos participantes do Conisul e vem realizando vários serviços de saúde para os campo-alegrenses pelo consórcio. 

CNM divulga estudo sobre a crise econômica pela ótica dos municípios brasileiros

Entre os meses de setembro e novembro deste ano, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) realizou estudo técnico para analisar a crise econômica pela ótica dos municípios brasileiros. A entidade elaborou um questionário e enviou para os 5.568 Municípios existentes. Ao todo, 4.080 responderam, representando uma cobertura de 73% das cidades brasileiras.

Os gestores foram entrevistados sobre a existência de efeitos da crise, quais áreas mais atingidas e quais as providências tomadas, dentre outras. Para 98,5% deles, a crise instalada no País já chegou à esfera municipal. Os efeitos recaem, segundo a pesquisa da CNM, em duas áreas principais: Saúde e Educação.

Saúde

A crise se manifesta de modo grave na Saúde. Cerca de 3.350 Municípios relatam dificuldades com relação a essa área. O principal problema é a falta de medicamentos, mencionada por 66% deles. Em segundo lugar aparece a falta de profissionais da área, com 44% das citações, seguida da falta de médicos (40%).
Porém, esses não são os únicos entraves. A paralisação dos equipamentos de saúde foi realidade para quase 30% dos Municípios. Alguns deles, inclusive, registraram a retirada de ambulâncias de circulação e fechamento de postos de saúde.

ASCOM CONISUL

Nenhum comentário: