Rádio Web MJ

domingo, 11 de dezembro de 2016

Em entrevista Coordenadora do Bolsa Família falou sobre benefícios do CADÚnico

Na ultima sexta-feira 09 de Dezembro a coordenadora do Programa Bolsa Família e do Cadastro único Mayara Vanessa Lemos, concedeu entrevista na Radio Campo Alegre FM para informar a população sobre a importância do Cadastro único e seus benefícios.

Cadastro Único para Programas Sociais – é um sistema que contém informações sobre as famílias brasileiras de baixa renda agrupadas em um só lugar. São famílias de baixa renda aquelas que possuem meio salário mínimo mensal por pessoa integrante da mesma ou aquelas em que a renda total mensal é de até três salários mínimos. São essas as famílias que vivem em estado de pobreza ou extrema pobreza e precisam do auxílio do governo para conseguir suprir algumas necessidades, preferencialmente, as básicas. Através do CadÚnico, essas famílias então, tem a possibilidade de ingressarem em programas sociais promovidos pelo Governo Federal.

O CadÚnico é mantido melo MDS – Ministério do Desenvolvimento Social, e seus dados são usados para a inscrição em vários programas sociais oferecidos pelo Governo como o Bolsa Família, Tarifa social de energia elétrica, carteira do idoso, Minha casa minha vida entre outros. Para receber qualquer um desses benefícios, a inscrição no cadastro único e obrigatória. O Governo analisa as informações que as pessoas cadastram no sistema e filtra aqueles casos em que as pessoas possam estar apresentando dados inconsistentes, para beneficiar apenas as famílias mais necessitadas, evitando assim o desperdício do dinheiro público.

É importante lembrar que realizar o CadÚnico não significa tornar-se beneficiário dos programas oferecidos pelo Governo Federal. Após o cadastro, os dados fornecidos pelo responsável familiar para o mesmo são encaminhados para o Governo e passam por uma análise. É a partir dos dados fornecidos ao CadÚnico que o Governo Federal decidirá se a família necessita do auxílio dos programas para melhorar sua condição de vida.

Nenhum comentário: