Rádio Web MJ

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Caminhadas e ação nas escolas marcam dia contra abuso sexual de crianças em Campo Alegre

Em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, a prefeitura de Campo Alegre, através da Secretaria de Assistência Social e Direito a Cidadania, o Centro de Referência Especializado em Assistência Social – Creas, e os Conselhos Tutelares da sede e do distrito, realizaram nesta quinta-feira 18 de maio, na sede do município e distrito Luziápolis duas grandes caminhadas em alusão data cujo objetivo de chamar a atenção da sociedade para a importância da prevenção e do enfrentamento do problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes. O representante do Ministério Público no município promotor de justiça Dr. Andresson Charles, o delegado da Polícia Civil, vereadores e secretários municipais participaram do evento. 

Tanto na cidade como em Luziápolis as caminhadas percorreram algumas ruas da cidade e do Distrito com a participação das escolas da rede municipal de ensino, onde os estudantes levaram faixas e cartazes alusivos ao tema. 

Para a secretária de Assistência Social Isys Roberta, o evento foi de grande importância, pois a população campo-alegrense precisa cada vez mais ter interesse pela causa e não calar diante de possíveis casos. “As duas caminhadas foram muito importantes, muitas pessoas participaram, em demonstração de apoio a causa”, disse secretária.

Além das caminhadas os temas foram trabalhados também nas escolas da rede municipal de ensino.

Geralmente, o abuso sexual ocorre quando um adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para a prática de qualquer ato de natureza sexual. Já a exploração sexual envolve a intenção de lucro ou troca. 

O objetivo do evento foi convocar famílias, escolas, instituições de atendimento, igrejas e toda a sociedade civil para assumirem o compromisso de enfrentamento da violência sexual. 

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, foi instituído no dia 18 de maio e marca a luta pelos direitos humanos de crianças e adolescentes em decorrência do crime bárbaro e que chocou todo o país, o Caso Araceli.

Disque Denúncia

O Disque 100 é uma importante ferramenta para que a sociedade denuncie os casos de violência contra crianças e adolescentes e funciona diariamente, inclusive nos fins de semana e feriados. 

As denúncias recebidas são analisadas e encaminhadas aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização, de acordo com a competência e as atribuições específicas, priorizando o Conselho Tutelar como porta de entrada, no prazo de 24 horas, mantendo em sigilo a identidade da pessoa denunciante.
 
 

Nenhum comentário: