Rádio Web MJ

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Secretaria de Saúde realiza mutirão oftalmológico para prevenção do glaucoma em parceria com IOFAL

A Secretaria Municipal de Saúde de Campo Alegre em parceria com o Instituto Oftalmológico de Alagoas (IOFAL), realizou nesta quarta-feira 19 de Abril, um grande mutirão oftalmológico, com pacientes que já fazem acompanhamento e pacientes para realizarem a primeira consulta. O mutirão aconteceu durante toda parte da manhã no Ginásio de Esportes da cidade.

A cada três meses, o Instituto Oftalmológico de Alagoas (IOFAL), realiza mutirão de exames oftalmológicos na cidade de Campo Alegre e no distrito Luziapolis, atendendo um total de 400 pacientes, para refazer os exames oftalmológicos para a prevenção do glaucoma, catarata e pterigio. 

Ainda nos mutirões os médicos do Iofal distribuem os colírios à população previamente cadastrada.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os colírios entregues aos pacientes são usados para tratamento no período de três meses e são gratuitos. Após este tempo, o Iofal retorna à cidade para realizar uma nova ação.

O Glaucoma é considerada uma doença ocular provocada pela elevação da pressão intraocular que pode provocar lesão no nervo ótico, o Glaucoma compromete a visão e pode levar a cegueira caso não seja tratado adequadamente. Geralmente a maioria dos casos de glaucoma são detectados em pessoas a partir dos 40 anos. Os sintomas mais comuns são: irritação nos olhos, vermelhidão, sensação de sujeira nos olhos, ressecamento e sensibilidade à luz.

O desenvolvimento de ações voltadas para a saúde no município de Campo Alegre, vem acontecendo de forma continuada na gestão da prefeita Pauline Pereira.

“A prefeitura oferece tudo que é necessário, desde o diagnóstico, com cirurgia e acompanhamento, até o tratamento final e exames de acompanhamento com entregas dos colírios, tudo de forma gratuita, priorizando a assistência completa desses pacientes e isso é uma política dessa gestão” destaca a Coordenadora de Promoção a Saúde Elayne Freitas.

Nenhum comentário: