Rádio Web MJ

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Em Brasília prefeita Pauline Pereira visitou Ministérios em busca de soluções para obras em andamento em Campo Alegre

Durante a visita a gestora também pleiteou novos projetos visando o desenvolvimento do município

Na última semana a prefeita de Campo Alegre Pauline Pereira esteve em Brasília buscando junto ao apoio do Deputado Federal Arthur Lira e do Senador Benedito de Lira, soluções para algumas obras em andamento no município. Durante a visita Pauline percorreu alguns ministérios federais onde também pleiteia mais recursos para outras obras que visam o desenvolvimento de todo o município de Campo Alegre.

Ministério da Integração

No Ministério da Integração foi cobrado sobre o projeto de Desenvolvimento local e integrado, sobre a pavimentação e drenagem de águas pluviais do distrito de Luziapolis. Várias ruas do distrito receberão em breve os serviços de pavimentação e drenagem. Foi apresentado também projeto para ser incluído no orçamento federal de 2016.

Os investimentos através de emenda parlamentar do deputado federal Arthur Lira trarão um grande benefício para o município, orçado em 37,3 milhões para o desenvolvimento integrado de Campo Alegre, sendo R$ 28.575.000,00 para pavimentação e drenagem de várias ruas em Luziápolis, R$ 3.190.000,00 para abastecimento de água do Povoado Chã da Imbira e 5.550.000,00 para abastecimento de água do Conjunto Sebastião de Oliveira Gomes e Pimenteira.

Estes projetos elaborados pelo município foram pagos com recursos próprios do município que custeou despesas com a elaboração do projeto e topografia.

Esse grande investimento requer toda a regularização técnica e operacional até a efetiva formalização da contração junto a Caixa Econômica para início das obras.

Ministério da Saúde

Cobrança da terceira parcela das obras de 03 Unidades Básicas de saúde já concluídas e a 2ª parcela equivalente a 60% da obra da Unidade de Acolhimento de Luziápolis.

Estas UBS foram entregues a população em Junho deste ano e até o momento o Governo Federal não repassou os 20% final de cada uma das 03 obras, deixando a empresa licitada para obra sem recebimento dos valores finais.

Já a obra da unidade de acolhimento encontra-se paralisada, pois foi aprovado o repasse da 2ª parcela o que corresponde a 60% dos recursos para a obra, mas que ainda não foi repassado, após reivindicações da prefeita o Ministério se comprometeu em regularizar o repasse nos próximos 30 dias.

Cobrança de liberação de recurso de 03 Unidades Básicas de Saúde e 03 de laboratórios de Saúde bucal - CEO, que está funcionando sem receber custeio do governo federal.

O município vem arcando com essas despesas com recursos próprios onde são custeios de responsabilidade do Governo Federal.

Outra conquista foi à publicação da portaria que garante o custeio de funcionamento da Academia da Saúde que em mais de um ano de inaugurada também vem sendo mantida com recursos próprios. Também foi publicada portaria que aprova repasse para custeio da Unidade de Acolhimento de Luziápolis que também estava sendo mantida com recursos próprios.

Ministério da Educação

Cobrança de repasses em atraso na construção de 03 escolas, solução para situação da creche M.I de Luziápolis que foi uma obra contratada pelo Ministério da Educação e a empresa abandonou.

Todas as obras de construção de 03 escolas, Escola de 06 salas no Conjunto Campo Verde II, Escola de 06 salas Menino Jesus de Praga, Escola de 12 salas Felizardo Souza Lima, 03 quadras escolares cobertas: Quadra da Escola Menino Jesus de Praga, Quadra da Escola Virgem dos Pobres, Quadra da Escola Hildebrando Guimarães, tiveram seus percentuais aprovados para pagamento nos próximos dias, garantindo que as obras sejam concluídas para ser entregue a população.

No caso da Creche MI foi uma obra licitada pelo Governo Federal e a empresa abandonou a obra causando um grande prejuízo para o município, com isso foi aberto um processo para regularizar a situação da obra junto ao Governo Federal, pois o município precisa da obra concluída para atender a população. O FNDE era enviar um representante para que solucione a situação e a obra possa ser retomada sem maiores prejuízos para a gestão pública.

Outra conquista foi o repasse pelo FNDE da liberação de R$ 777.250,00 para pagamentos dos ônibus escolares do Programa Caminhos da Escola que foram entregues em novembro de 2014 e até o momento o governo federal não havia repassado este recursos.

Ministério do Turismo
 
No Ministério do Turismo foi feita a cobrança dos recursos da Praça Multieventos de Luziápolis que desde Junho de 2015 as obras iniciaram e foram paralisadas por falta de repasses de recursos. O repasse a ser feito corresponde a 50% do valor conveniado para que a obra possa atingir a evolução para ser concluída.


Nenhum comentário: