Rádio Web MJ

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Secretarias municipais integradas debatem estratégias para combater o Aedes Aegypti em Campo Alegre

Diante da preocupação eminente com incidência de casos no município de Campo Alegre de focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, Zika e Chikungunya, foi realizada na manhã desta sexta-feira 06, uma reunião com representantes de várias secretarias municipais para montar estratégias integradas para combater o mosquito no município. 

Durante o encontro, que reuniu secretários de várias pastas, foram alinhadas as propostas apresentadas pela Secretaria de Saúde para reforçar os serviços que já vem sendo realizados no município.

Entre as estratégias adotadas pelos órgãos participantes do encontro, ficou acertado a realização semanal de mutirões de combate ao mosquito que acontecerão todas as sextas-feiras em áreas especificas seguindo cronograma a ser divulgado futuramente. Esses mutirões são focados nas regiões com maior número de notificações e maior incidência do vetor do mosquitos Aedes aegypti. 

“A intenção é sensibilizar os moradores para que percebam a importância de fazer parte desta luta. É necessário que todos colaborem eliminando de suas casas qualquer tipo de material que possa acumular água e se tornar criadouro do mosquito”, destacou a secretária de Saúde Tamires Santos.

O sinal de alerta deve sempre estar ligado e a prevenção deve continuar entre os moradores em suas residências, terrenos baldios, estabelecimentos comerciais, cemitérios e outros. 

Entre os presentes estiveram a secretária de saúde Tamires Santos, o secretário adjunto de Saúde Regivan Farias, o secretário de Urbanismo Marcos gama, o secretário de Transportes Junior Braz, o secretário de Meio Ambiente Leonardo Monteiro, a coordenadora de imunização Andreza Matias, a Coordenadora do Núcleo de Promoção a Saúde Elayne Freitas, o coordenador de combate as endemias Aparecido, o representante da Secretaria de Educação professor Marcos Cavalcante e o assessor de comunicação Márcio José.

Nenhum comentário: