Rádio Web MJ

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Secretaria de Saúde inicia Campanha de vacinação contra o HPV para meninos em Campo Alegre

A campanha de vacinação contra o HPV destinada aos meninos teve início esta semana em todo o país. A inclusão dos garotos amplia o público contemplado pelas ações de prevenção contra os diversos tipos de cânceres causados pelo HPV, antes mesmo de iniciarem a vida sexual, quando a vacina é considerada mais eficaz, segundo especialistas na área.

Em Campo Alegre a campanha de vacinação contra o vírus HPV será realizada  para meninos em toda rede pública municipal de saúde. A Secretaria Municipal de Saúde destaca que as vacinas são para jovens entre 12 e 13 anos. Assim como ocorreu com as meninas, esta é a primeira fase da vacinação nacional.

Todas as salas de imunização disponibilizadas nas Unidades Básicas de Saúde de Campo Alegre estão com as vacinas contra o Papiloma Vírus Humanas (HPV), para atender ao primeiro grupo de meninos, conforme recomendação do Ministério de Saúde.

Desde a introdução da vacina no SUS, o Ministério da Saúde reforça a importância de a vacina ser dada nas escolas, porém não se trata de uma obrigação: cada estado e cada município tem autonomia para adotar ou não a estratégia.

Mas diante da experiência e da parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde e da secretaria de Educação do município de Campo Alegre, esta sendo trabalhada a estratégia, visto que a vacinação nas escolas é exitosa, desta forma, serão realizadas reuniões com diretores e coordenadores das escolas para elaborar estratégias e cronogramas de visita a cada escola.

A vacinação para o HPV nas escolas é uma estratégia para melhorar a cobertura de vacinação.

Nos meninos, a vacina previne contra os cânceres de pênis, ânus e garganta. A iniciativa de vaciná-los contribui ainda para a diminuição da circulação do vírus na população, beneficiando também o público feminino no combate ao câncer de colo do útero e vulva.

A partir de 2017, meninas que chegaram aos 14 anos sem a vacina também poderão se vacinar. A vacinação também será estendida a homens que vivem com HIV entre 9 e 26 anos. Antes, só as mulheres com HIV desta faixa etária podiam se vacinar gratuitamente. No caso desse público, o esquema vacinal é de três doses.

O HPV é um vírus que atinge a pele e as mucosas, podendo causar verrugas ou lesões que evoluem para o câncer como o de colo de útero, pênis, garganta ou ânus. É transmitido no contato pele com pele, por isso é considerado uma doença sexualmente transmissível.

Nenhum comentário: