Rádio Web MJ

sexta-feira, 6 de março de 2015

Prefeita Pauline Pereira defende combate a violência contra a mulher

Atendendo ao requerimento da deputada Jó Pereira (DEM), a Assembleia Legislativa realizou, nesta sexta-feira, 6, uma audiência pública alusiva às comemorações do Dia Internacional da Mulher.

Com o tema políticas públicas de promoção à igualdade, autonomia, respeito e diferença, a sessão reuniu representantes dos três poderes e de todos os segmentos de entidades ligadas à mulher, que subscreveram a criação de um fórum permanente.  Com base na legislação nacional vigente e as recomendações e tratados internacionais, o Fórum será mais um instrumento à disposição das mulheres.

A prefeita Pauline Pereira considerou a criação do Fórum um avanço da Assembleia Legislativa, através da deputada Jó Pereira, e destacou a necessidade de criação de secretarias municipais da mulher, bem como o apoio de todas as mulheres a campanha nacional Justiça pela Paz em Casa, lançada pela vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmém Lúcia Rocha e que tem como objetivo ampliar esforços para condenar os autores de crimes contra a mulher. O Brasil está entre os 7 países de maiores índices de violência contra a mulher.

A deputada Jó Pereira explicou que a sessão tem como objetivo debater o panorama das políticas publicas estaduais voltadas para as mulheres. “São políticas voltadas para a igualdade de gênero das perspectivas da autonomia econômica, social, cultural e política das mulheres alagoanas”, disse a deputada agradecendo a presença de todos os presentes.

A sessão foi aberta com a leitura da Carta da Mulher pela coordenadora do cerimonial da Assembleia Legislativa, Tereza de Fátima. A carta enfatiza a criação do Fórum Permanente em Defesa da Mulher Alagoana, que será regido obedecendo aos vários princípios que tratam da defesa da mulher. Tereza explicou que o Fórum será integrado por pessoas e entidades que atuem no combate à violência contra as mulheres e na defesa e promoção dos direitos da mulher tomando por base a legislação nacional e as recomendações e tratados internacionais de defesa e promoção dos direitos da mulher.

A solenidade contou com a parceria do governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos.

Várias mulheres campo-alegreses como secretárias, vereadoras, diretoras, também participaram da audiência pública realizada nesta sexta-feira 06, na Assembleia Legislativa de Alagoas em Maceió.
Assista o vídeo gravado pela Prefeita Pauline Pereira durante a audiência

Nenhum comentário: