Rádio Web MJ

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Professores do ensino fundamental de Campo Alegre e Junqueiro participaram do III módulo PRODEP

A Secretaria Municipal de Educação de Campo Alegre realizou nesta quarta-feira 27 de julho, o III módulo da Formação Continuada, PRODEP - Programa de Desenvolvimento de Professores com o tema: AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E A QUESTÃO DO ERRO, ministrado pelo Mestre e Doutor em Ciências da Educação, professor Júlio Furtado dos Santos.

O evento aconteceu no Centro Social de Campo Alegre - CESCA contemplando a presença de 274 professores do Ensino Fundamental 1º ao 9º ano, da Rede Pública de Ensino de Campo Alegre e 286 professores da Rede Pública de Ensino de Junqueiro, além da equipe técnica das Secretarias de Educação e Coordenadores dos dois municípios.

Além da participação dos educadores, o encontro também contou com a participação das Secretárias de Educação Maria Josineide Granja (Campo Alegre) e Estela Celina Barbosa (Junqueiro). 

A iniciativa vem configurando o compromisso da SEMED, enquanto órgão executivo do Sistema Municipal de Educação – SME – com a garantia legal, da Formação Continuada do seu corpo docente, a fim de possibilitar melhoria nos índices educacionais, efetivando a sua qualidade na prática.

A referida FORMAÇÃO caracteriza-se pela ação coletiva de (re) construção do conhecimento, reflexão das práticas adotadas, como também, dos saberes imprescindíveis à docência.

A Secretária de Educação, Josineide Granja, falou da importância desse excelente trabalho, e dos avanços que já são notáveis a partir da reflexão dos módulos já realizados pelo PRODEP e este avanço se caracteriza pelo trabalho desenvolvido pelos professores em sala de aula.

E concordando com a assertividade docente do Professor Júlio Furtado, a SEMED acredita que a temática tratada pode ser assim considerada: “fundamental se faz para que construamos uma real aprendizagem a partir dos erros, que se oportunize a expressão do aluno na busca de soluções intuitivas, raciocínios novos e recriação de suas hipóteses”.




Nenhum comentário: