Rádio Web MJ

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Professora campo-alegrense lançará artigo sobre a temática indígena na VII Bienal do Livro de Alagoas

A professora campo-alegrense Taysa Kawanny Ferreira Santos, lançará na próxima semana durante a VII Bienal do Livro de Alagoas, um artigo sobre a temática indígena. O artigo está publicado no Livro “Educação e diversidades, um diálogo necessário na Educação Básica’, trabalho organizado pelos professores Gilberto Geraldo Ferreira, Edson Hely Silva, José Ivamilson Silva Barbalho, da Universidade Federal de Alagoas e Universidade Federal de Pernambuco.

O livro conta com 17 artigos, entre eles o artigo “Contando a História do Presente Indígena no Brasil (2009-2011)” assinado pela professora campo-alegrense.

Taysa Kawanny é licenciada em história e tem pautado suas especializações voltadas para a temática indígena.

O lançamento do livro acontecerá na próxima terça-feira 24 de Novembro às 19 horas na Bienal do Livro de Alagoas em Maceió.

A Bienal acontecerá no período de 20 a 29 de novembro de 2015, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso no Bairro de Jaraguá em Maceió.

A BIENAL

Em sua 7ª edição, a Bienal Internacional do Livro de Alagoas busca abrigar para além do universo dos livros, continuando sua trajetória extramuros da Universidade. De 20 a 29 de Novembro de 2015, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió, os mais distintos universos de sentidos – relacionados à literatura, à arte, à cultura e ao conhecimento em geral – entram em cena.

Nesse contexto, ao se propor um trajeto de palavras, sons, imagens, pretende-se abrir espaço para muitos encontros. E para que esses encontros sejam promovidos, a ponte a ser atravessada constitui-se de signos linguísticos, de sons e de imagens, advindos das formas mais variadas como o mundo é visto, absorvido e interpretado por cada um de nós, nesse espaço entre a arte e a vida que a VII Bienal Internacional do Livro de Alagoas busca oferecer.

Nenhum comentário: