Rádio Web MJ

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Escolas de Campo Alegre realizam a III ExpoAfro e caminhada em homenagem ao dia da Consciência Negra

Escolas da Rede Municipal de Ensino de Campo Alegre realizaram no período entre os dias 16 e 20 deste mês a III ExpoAfro, onde foram  desenvolvidas   uma série de atividades que fazem alusão ao dia 20 de novembro, Dia  Nacional da Consciência Negra. A data tem o objetivo de refletir, sensibilizar e comemorar as conquista de direitos e de valorização da história e cultura da população negra.

A  ExpoAfro visa a valorização da cultura negra e seus afro-descendentes e afro-brasileiros para entender e valorizar a identidade da maioria da população brasileira, desmitificando o preconceito e estimulando o  exercício da cidadania ferramentas necessárias, ao resgate da herança africana, cuja história fora esquecida e ignorada ao longo do tempo.

Os estudantes tiveram pelo terceiro ano consecutivo a oportunidade de receber, trocar informações e saberes sobre a cultura, hábitos alimentares, danças, crenças do povo negro, através de atividades interdisciplinar ao longo da semana e encerraram as atividades com uma belíssima caminhada pelo centro da cidade de Campo Alegre com a participação dos estudantes da  Escola João Paulo II, Escola Virgem dos Pobres, Escola Monsenhor Hildebrando Veríssimo Guimarães, Escola Olival Tenório Costa Neto, Escola João Fernandes Vieira, Escola Padre Cicero, Escola Helenilda Correia e Escola Zenobia Ferreira e a Escola Miguel Matias.

A caminhada atraiu os olhares de autoridades e populares campo-alegrenses que assistiram o desfile das escolas pelas ruas, e teve a participação e animação por grupos musicais das escolas  e coreografias  no decorrer do trajeto.

Histórico

A data lembra o dia em que Zumbi dos Palmares foi assassinado, em 1695. A República de Palmares é um dos principais símbolos da resistência negra à escravidão. Em 1971, ativistas do Grupo Palmares, do Rio Grande do Sul, constataram a data da execução de Zumbi e iniciaram uma série de comemorações anuais, elevando-a como data de referência negra. Sete anos depois, o Movimento Negro Unificado contra a Discriminação Racial incorporou a data como celebração nacional e tornou Zumbi dos Palmares um herói nacional, vinculado diretamente à resistência do povo negro.

Em 2003, a Lei 10.639/03, sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, estabeleceu o 20 de novembro como Dia Nacional da Consciência Negra, integrando a data ao calendário escolar brasileiro. Já em 2011, a Lei Nº 12.519 instituiu a data como Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.


Nenhum comentário: