Rádio Web MJ

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos é aplicado em duas escolas do Povoado Chã de Imbira

No período entre os dias 13 e 17 de Julho, 28 professores do 1º e 9º ano e coordenadores das Escolas Municipais Maria Lourinete Porto Guimarães e João Fernandes Vieira Filho, localizadas no Povoado Chã da Imbira, participaram da Capacitação sobre a metodologia do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP e teve como instrutora a senhora Verônica Gurgel, credenciada do  Sebrae.

As Escolas Municipais Maria Lourinete Porto Guimarães e Escola Municipal João Fernandes Vieira Filho, foram indicadas pela Secretaria Municipal de Educação - SEMED, a receberem esta capacitação quando da visita ao município da Analista e Coordenadora do Projeto JEPP / SEBRAE Isabel Barcello, em junho do ano em curso.

Após a capacitação, os 26 professores irão aplicar a metodologia JEPP aos alunos, adequando-a a idade e ao nível escolar de cada um. O projeto tem a finalidade de despertar o empreendedorismo nas escolas dando oportunidade as crianças e adolescentes vivenciarem o processo de empreender por meio de uma visão sustentável e criativa dos negócios.

A gerente de práticas pedagógicas da SEMED, professora Jane Cleide explicou que O JEPP é um programa de empreendedorismo importante por apresentar uma metodologia e uma didática inovadora e avançada. “Temos a expectativa que esta capacitação ofertada pelo Sebrae  seja  impulsora de um  programa nosso  sobre a temática. Toda a equipe está super motivada e  envolvida   com esta oportunidade”, ressaltou.

Para a Instrutora Verônica Gurgel Fragoso, “a participação, o engajamento nas atividades e doação dos professores para vivenciar as práticas empreendedoras ficaram evidentes. Foi uma turma muito especial. Tenho certeza de que irão despertar o espírito empreendedor entre os alunos através do Programa, bem como o despertar da cultura e práticas empreendedoras como consequência, dentro das escolas através do corpo docente e administrativo. Serão grandes as conquistas de aprendizados, também sobre os aspectos de cultura da cooperação, ética, cuidados ambientais e sociais, além de estimular o protagonismo juvenil. Mas vale ressaltar que essas práticas precisam do apoio e incentivo da gestão municipal, nestas escolas conveniadas e em outras que desejem aderir ao Programa”.

A metodologia JEPP visa oportunizar a juventude compreender o mundo dos negócios, o funcionamento do mercado de trabalho desde cedo, fazendo com que a familiarização com esta temática facilite a vida profissional dessas crianças e jovens, hoje estudantes do ensino fundamental da rede pública, mas que num futuro bem próximo serão os homens e mulheres de negocio. E para que sejam profissionais, prósperos, criativos e de sucesso, o apoio do poder pública municipal a iniciativas como esta do Sebrae,  podem contribuir para que  a sociedade vislumbre um município  com todos(as)  cidadãos e cidadãs incluídas (os)  econômica e  socialmente.

O curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos, JEPP, tem como objetivo disseminar a cultura empreendedora entre crianças e jovens do Ensino Fundamental, de escolas das redes pública e particular. A ideia é despertar e fortalecer o espírito empreendedor, incentivando o protagonismo juvenil e a busca de possibilidades de inserção no mercado de trabalho ou da criação de negócios próprios.

A metodologia do JEPP é vivencial e semi-aberta e proporciona à escola e aos professores a oportunidade e liberdade de fazer adequações do tema, de forma a contextualizar eficazmente o curso à realidade local e dos alunos.

Para melhor entendimento da metodologia, o JEPP favorece a participação da comunidade dentro da escola, ao mesmo tempo em que contribui com o contexto social e ambiental local. A participação pode acontecer de diferentes formas: a comunidade escolar pode auxiliar os professores no desenvolvimento das atividades com os alunos, e na confecção dos produtos das respectivas oficinas propostas em cada ano do Ensino Fundamental. Podem ainda contribuir para com a doação de diversos materiais, que, em boa parte dos locais, são descartados como lixo, tais como: garrafa PET, retalhos de tecido, entre outros.

O programa apresenta dois eixos centrais: estímulo ao comportamento empreendedor e orientação para o plano de negócios, com aprofundamento gradual; além de quatro temas transversais: cultura da cooperação e da inovação, ecosustentabilidade, ética e cidadania.

Cada ano do Ensino Fundamental possui um material específico, nos quais são trabalhados diversos temas como: O Mundo das Ervas Aromáticas; Temperos Naturais; Oficina de Brinquedos Ecológicos; Locadora de Produtos; Sabores e Cores; Eco Papelaria; Artesanato Sustentável; Empreendedorismo Social; e Novas Ideias, Grandes Negócios.

Nenhum comentário: