Rádio Web MJ

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

James Matias participou de encontro em prol da educação do Estado de Alagoas

Prefeitos, secretários e diretores de ensino conheceram programa que o Estado tem para melhorar a educação em Alagoas 

O vice-prefeito e atual prefeito em exercício de Campo Alegre, James Matias, participou na manhã desta segunda-feira em Maceió, de um importante encontro voltado para debater a educação em Alagoas. Diversas propostas para alavancar a educação do estado foram apresentadas no evento que foi realizado no Centro de Convenções Ruth Cardozo. Representantes da Secretaria de Educação de Campo Alegre também participaram do evento.

O Governador do Estado, Renan Filho, reuniu prefeitos e secretários municipais Educação para propor novas metas e um trabalho em conjunto para melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em Alagoas. Este é o primeiro passo para otimizar o ensino fundamental nos municípios, reduzir a distorção idade-série e elevar os índices de aprovação.

“Estamos fazendo uma ampla mobilização pelo aumento da qualidade do ensino em Alagoas. Auxiliaremos os municípios de diversas formas. Vamos levar material didático que já deram certo em outros locais do país e de uma vez por todas melhorar o Ideb”, afirmou o governador Renan Filho.

A proposta de articulação com os municípios para melhoria da qualidade da Educação em Alagoas tem a meta de aumentar 30% o IDEB para os anos iniciais e 40% para os anos finais do Ensino Fundamental. 

Programa estadual para os municípios será realizado através de acordo de cooperação, assistência, assistência financeira, participação por adesão, pactuação de metas. O principal objetivo é melhorar a qualidade da educação, garantir os direitos de aprendizagem dos estudantes da Educação básica de todas as redes públicas de Alagoas, além de fortalecer o regime de colaboração com os municípios.

Os dados de Alagoas são alarmantes: 46,79% dos estudantes do 3º ano do Ensino Fundamental não o dominam habilidades básicas de leitura. 65,38% não dominam habilidades básicas de escrita.  84,63% não têm noções básicas de matemática. Uma média de 53% dos estudantes do 5º ano tem alfabetização incompleta e 49% dos estudantes do 9º ano com letramento muito insuficientes.

Classificado como um dia histórico para a educação em Alagoas pelo Secretário Luciano Barbosa, o projeto reconhece a dívida social que existe com a juventude e será um marco pela inovação e o envolvimento de todos. Porque “Alagoas vai mostrar ao Brasil que irá mudar- pra melhor- pelas portas da Educação”, disse o governador.

Renan Filho também anunciou que os municípios parceiros terão recursos superiores a R$ 10 milhões para investimentos.
 
 

Nenhum comentário: