Rádio Web MJ

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Escola João Fernandes Vieira Filho realizou o I encontro de integração família e escola – ano letivo 2017

A família e a escola devem caminhar juntas para o desenvolvimento dos educandos. Embora essa afirmação seja quase um consenso entre os profissionais da educação, a aproximação entre ambos ainda é um desafio. Enquanto diretores e professores se queixam da falta de envolvimento da família na educação, pais ou responsáveis dizem não encontrar espaços de participação dentro da escola.

Para romper essas barreiras, especialistas defendem que é necessário investir no diálogo, seja para acordar os horários da reunião de pais ou até mesmo criar estratégias efetivas de participação. Na verdade os desafios e caminhos para concretizar a integração família e escola são muitos. 

Sendo assim, a Escola Municipal João Fernandes Vieira Filho, localizada no Povoado Chã da Imbira realizou na manhã desta sexta-feira, dia 03 de fevereiro o I ENCONTRO DE INTEGRAÇÃO ENTRE FAMÍLIA E ESCOLA referente ao ano letivo de 2017.

O encontro teve como objetivo principal aproximar a família da escola, bem como, apresentar as metas projetadas para 2017 e os projetos que serão trabalhados ao longo do ano, dentre eles o Projeto “Nenhum a menos” que na oportunidade foi lançado, o mesmo tem como objetivo geral: Conhecer a realidade dos educandos, bem como, incluir a família no processo ensino-aprendizagem, como parceiros e colaboradores, estimulando o crescimento do educando, resgatando o fortalecimento da autoestima a fim de aproximá-los dos princípios desenvolvidos na escola, meritocracia, respeito, democracia, inclusão, dentre outros. Os objetivos específicos são: 

Integrar escola e família;
Incentivar a família a acompanhar o desenvolvimento integral do educando;
Instigar a família à compreender melhor o desenvolvimento do adolescente e/ou jovem;
Conscientizar os pais/responsáveis sobre a importância do acompanhamento na vida educacional dos filhos;
Ensinar não somente conteúdos, e sim para a vida, tornando os educandos competentes, éticos e aptos para o enfretamento dos desafios da modernidade;
Estabelecer relação entre família e escola. 

Além da participação dos funcionários da Instituição de Ensino, pais, membros do Conselho Escolar, técnicos da Secretaria Municipal de Educação o encontro contou também com a participação de três universitárias da Universidade Federal de Alagoas – UFAL Palmeira dos Índios: Anne Karolina Fernandes Cavalcante Maia, estudante do curso de psicologia e membro do Instituto de Análise do Comportamento; Janayna Karlla Gomes da Silva, estudante de psicologia, membro do PET NESAL (Programa de Educação Tutorial – Núcleo de Estudos do Semiárido Alagoano) e membro do GEPAC (Grupo de Estudos em Psiconeurolobiologia e Análise do Comportamento e membro fundadora do IAC (Instituto de Análise do Comportamento; Kelly Josefa da Silva, estudante do curso de Serviço Social, membro do grupo de Estudos do Semiárido Alagoano – PET NESAL). As referidas estudantes tem como tutor o professor Dr. Saulo Luders Fernandes da UFAL – Campus Palmeira dos Índios que esteve na Escola João Fernandes em novembro de 2016 na culminância do Projeto Afro e ministrou a palestra como o tema: RAÇA, ETNIA E RACISMO NO BRASIL; vale ressaltar que ele já é um grande parceiro da instituição.

Contudo a equipe gestora informou que mesmo sendo antes do início do ano letivo foi um encontro muito proveitoso e que superou todas as expectativas.

A escola tem a equipe gestora representada por: Sueli Roberto de Paiva Correia, Edivaldo de Medeiros Silva e Jidelma Gomes de Oliveira.
 

Nenhum comentário: