Rádio Web MJ

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Bloco da Integração levou muita alegria e diversão às ruas de Luziápolis

Em mais uma edição o bloco saiu às ruas visando conscientizar os foliões sobre temais importantes para o carnaval

A integração entre as secretarias que compõem o governo municipal de Campo Alegre na realização de mais uma edição do BLOCO DA INTEGRAÇÃO. O bloco saiu às ruas do Distrito de Luziápolis resultou nesta quarta 22 de fevereiro, fazendo um aquecimento para o carnaval 2017 e conscientizando os foliões que se preparam para os dias de folia no carnaval 2017 em todas as comunidades do município. 

A concentração aconteceu na Rua Santo Antônio e percorreu algumas ruas do distrito até o encerramento na Praça Pedro Maurício no Conjunto João José Pereira “O prefeitão”. Durante o percurso o bloco foi animado pela Orquestra de Frevo da Filarmônica Emeriato Pereira que tocou muito frevo e as tradicionais machinhas, lembrando os antigos e inesquecíveis carnavais.

O bloco em tom de descontração levou as ruas importantes temas atuais como o combate a exploração do trabalho infantil, alerta para não dirigir após ingerir bebidas alcoólicas, a importância do uso de preservativos e a não violência contra a mulher, entre outros temas abordados.

A Secretaria de Saúde realizou durante todo trajeto a distribuição de centenas de preservativos, fazendo o alerta para a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis durante os dias de folia. O objetivo principal do bloco é a prevenção com o uso contínuo da camisinha entre a população sexualmente ativa.

Para Elayne Freitas, coordenadora do Núcleo de promoção a Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, essa conscientização no período carnavalesco é essencial, pois a tendência ao abuso do álcool e outros drogas é maior. “Nesse período, essas substâncias são utilizadas de maneira descontrolada e isso aumenta a vulnerabilidade às doenças sexualmente transmissíveis”, pontuou Elayne.

Nesta quinta-feira 23, as 15 horas o Bloco sairá as ruas de Campo Alegre com a mesma proposta.
 

Nenhum comentário: