Rádio Web MJ

terça-feira, 10 de maio de 2016

Prefeita Pauline Pereira participa da XIX Marcha em Defesa dos Municípios

Prefeitos de todo o Brasil desembarcaram em Brasília, para participarem da Marcha em Defesa dos Municípios. Esta é a décima nona edição do maior evento municipalista do País, onde os prefeitos têm a oportunidade de debaterem temas importantes relacionados à economia, mobilidade urbana, desatualização de programas federais, políticas públicas, entre outros. A Marcha acontece de 9 a 12 de maio no Centro Internacional de Convenções da Capital Federal.

A prefeita de Campo Alegre Pauline Pereira está mais uma vez participando da marcha, acompanhada da chefe de convênios Maria da Silva Oliveira (Lila), da chefe de gabinete Luciana Ferreira.

As palavras respeito e Pacto foram as mais citadas na abertura da XIX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. Milhares de prefeitos ouviram de autoridades que o momento para a Nação é de mudanças e de um novo Brasil que precisa olhar seus municípios.

Prefeitos alagoanos presentes a Marcha compartilham da necessidade de revisão do Pacto federativo que respeite os municípios. Marcelo Beltrão está orientando aos gestores para que, mesmo após a Marcha, a mobilização continue porque este é um ano quer requer muita atenção, principalmente para os que estão em fim de mandato.

“O Momento é delicado”, disse Paulo Ziulkoski, presidente da CNM, que propôs um novo encontro para cobrar da Câmara e Senado sincronia com as necessidades municipalistas. “Não dá mais para aceitar que se aprove leis transferindo mais responsabilidades para as cidades”.

São essas centenas de programas, muitos com transferências atrasadas há quatro meses, que estão colocando uma espada sobre a cabeça dos prefeitos.

Este ano o tema da Marcha é Desafios de final do mandato. As dificuldades de gestão nestes últimos meses aflige os prefeitos, tendo em vista os problemas causados por fatores como, entre outros, a diminuição, ou até mesmo a total ausência de repasses financeiros, como o do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

As expectativas para o restante de mandato de alguns dos prefeitos que compareceram à Marcha são diversas, mas constata-se união em um tema: é preciso mudança, dentre elas, no que se refere ao Pacto Federativo.


Nenhum comentário: