Rádio Web MJ

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Secretaria de saúde desenvolve ações em alusão ao Dia de combate a hanseníase

Criado pelas Organizações das Nações Unidas (ONU), o Dia Mundial de Combate à Hanseníase é celebrado sempre no último domingo de janeiro.

As ações visam o diagnóstico e o controle da enfermidade e o objetivo é divulgar os sinais e sintomas, realizar buscas por pacientes sintomáticos e promover reuniões, caminhadas e palestras sobre o tema.

Como alerta ao combate a doença, a Secretaria Municipal de Saúde de Campo Alegre realizou várias atividades no município durante a semana, onde aconteceu nas Unidades Básicas de Saúde, uma campanha de busca por pacientes sintomáticos e promoveram reuniões e palestras sobre o tema, classificando o dia como ”Dia da Mancha”. Busca Ativa de pacientes com manchas na pele com alterações de sensibilidade (sintomáticos dermatológicos) pelos ACS.

Também foi realizada durante os dias 19 e 20 de Janeiro uma capacitação para todos os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) sobre a Hanseníase.

Durante as ações foi realizada ainda uma entrevista na rádio Campo Alegre FM com a Enfermeira Socorro Medeiros, especialista em hanseníase onde a profissional explanou sobre o assunto e convocou a população a buscarem atendimento em casos com suspeita da doença.

A hanseníase é transmitida pelas vias respiratórias, a hanseníase atinge a pele e os nervos dos braços, mãos, pernas, pés, rosto, orelhas, olhos e nariz. O tempo entre o contágio e o aparecimento dos sintomas é longo e pode variar entre dois e dez anos – o agente responsável, o Bacilo de Hansen, tem capacidade de infectar grande número de pessoas, mas a maioria possui defesas.

Os principais sinais da doença são manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas em qualquer parte do corpo, com diminuição ou perda da sensibilidade ao calor, à dor e ao tato. Composto por três tipos de antibióticos, o tratamento pode ser feito nas unidades básicas de saúde e varia de acordo com o tipo de infecção, podendo durar de seis a 24 meses.

Nenhum comentário: