Rádio Web MJ

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Secretaria Municipal de Educação inicia projeto de vida voltado para jovens de 15 a 17 anos

A Secretaria Municipal de Educação de Campo Alegre iniciou no ultimo dia 08 de setembro uma ação vinculada ao Programa Mais Educação, denominada Projeto de Vida, com o objetivo de oferecer aos jovens nesta faixa etária, que se encontram em situação de defasagem idade/ano de escolaridade.

 Os jovens participarão de oficinas de violão, pintura em tela e de atividades físicas (aeróbica) semanalmente e escolhidas pelos próprios alunos, de palestras com eixos temáticos, sobre diversidade, trajetória de vida, inclusão social, empreendedorismo, relações familiares, dependência químicas e outros. 

Temáticas que contribuirão para a compreensão de valores, princípios e cidadania, fundamentais para a construção de relações saudáveis e inserção social. O Projeto de Vida têm como meta principal a criação de espaços para: autoria, autonomia, criação e protagonismo dos estudantes. Espera-se que tais atividades permitam aos jovens nessa faixa etária lançar um olhar sobre suas trajetórias escolares, planejando e executando propostas de caráter investigativo e de organização de ações que lhes assegurem o prosseguimento de seus estudos e a realização de aproximações com o mundo do trabalho, resgatando seus valores e conceitos.

A coordenadora do Programa Mais Educação Jane Cleide Vicente, destacou a importância dessas ações para esses jovens que muitas vezes encontram-se desmotivados a continuarem seus estudos e terminam ficando em situação de vulnerabilidade social. “Estas ações visa contribuir com a autoestima e trazer reflexões necessárias à vida cotidiana, o convívio na sociedade e sua vida pessoal. Percebemos nos primeiros encontros o quanto estão entusiasmados e participativos.  Estamos confiantes e entusiasmadas, precisamos contribuir através da educação na melhoria da qualidade de vida desses jovens”.

Para a professora Kawanny Ferreira que facilitou as oficinas de Diversidade para jovens das Escolas Miguel Matias, Professora Zenóbia Ferreira e João Fernandes Vieira Filho nos dias 08 e 09, “os dois momentos foram de muitas trocas de saberes, trabalhamos dentro dessa temática as questões de bullying discriminação entre raças e etnias. Foram momentos também de muita angustia, pois ouvimos muitas queixas de preconceitos sofridos pelos nossos jovens por causa da sua cor. Os jovens no geral demonstraram interesse e empatia com a temática e participaram das atividades propostas com muita dedicação ”.

As ações do Projeto de Vida atingirão 330 alunos, matriculados nas escolas, Professora Zenóbia Ferreira, Miguel Matias, João Fernandes Vieira Filho, Felizardo Souza Lima e Pedro de Oliveira, e terá duração de cinco meses.


Nenhum comentário: