Rádio Web MJ

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Secretaria de Saúde realiza Campanha de vacinação de cães e gatos contra o vírus da raiva

Visando prevenir a transmissão da raiva urbana transmitida por cães e gatos, a Secretaria Municipal de Saúde de Campo Alegre está realizando deste segunda-feira 24 de novembro,  mais uma campanha de vacinação antirrábica canina e felina em todo município. A meta é vacinar o máximo de animais possível em todo o município na zona urbana e zona rural, sendo o dia D da campanha no próximo sábado dia 29.

Desde segunda-feira dia 24, os animais da área rural estão sendo vacinados por equipes que estão realizando visitas domiciliares em todas as comunidades do município. De acordo com o coordenador da Vigilância Sanitária do município, Newton Fernando, o objetivo é vacinar a população canina e felina domiciliada em pelo menos 80% dos animais existentes no município.

Para isso a coordenação da campanha pede o apoio da população que não deixem de vacinar seus animais, para a campanha poder atingir o máximo de animais vacinados contra o vírus.

“O objetivo da campanha é reforçar a imunização contra a doença, especialmente pelas consequências que ela pode trazer para o ser humano”, destacou Newton.

Devem ser vacinados todos os cães e gatos a partir de dois meses de idade, com exceção dos animais doentes, prostrados e com sarna.

Transmissão 

A raiva é uma zoonose viral que se caracteriza como encefalite progressiva, aguda e letal. A transmissão ocorre pela penetração do vírus contido na saliva do animal infectado, principalmente pela moderdura e, raramente, pela arranhadura e lambedura na mucosa. O vírus penetra no organismo, multiplica-se no ponto de inoculação (na região lesada) e atinge o sistema nervoso periférico e, posteriormente, atinge o sistema nervoso central e depois outros órgãos.

O período de encubação no homem varia de 2 a 10 dias, em média 45 dias, e no cão entre dez dias a dois meses. A vacina é a única forma de proteger estes animais e o homem da raiva, já que o índice de letalidade é de 99%.

O tratamento aplicado visa minimizar o sofrimento do paciente. Por seu caráter incurável, é imprescindível a realização da vacinação em gatos e cães.

PRINCIPAIS SINTOMAS

Mudança de comportamento: o animal doente passa a se esconder ou agir de maneira diferente do normal; agressividade; salivação: o animal baba muito, às vezes, parece que está engasgado. Também podem ocorrer prostração, falta de apetite e paralisia.

COMO EVITAR A DOENÇA

A vacina é a única maneira eficaz de se controlar a doença. A raiva é uma doença incurável. Portanto, é necessário um controle rigoroso da vacinação dos animais domésticos e do campo.



Nenhum comentário: