Rádio Web MJ

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Prefeita Pauline Pereira participou de reunião do Conisul em Maceió

Encontro reuniu gestores no Palácio da República para discutir consórcio de saúde

O governador Teotonio Vilela Filho recebeu, nesta segunda-feira (21), prefeitos de diversos municípios para tratar do Consórcio Intermunicipal da Região Sul (Conisul). A reunião aconteceu no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares e teve como objetivo discutir apoio técnico e logístico do Governo para a iniciativa, que vai qualificar os serviços na região.

A prefeita de Campo Alegre, Pauline pereira (PSDB), foi uma das gestoras que participou do encontro.

“Estou aqui para ouvir e tomar todas as medidas efetivas para que possamos concretizar esse consórcio de saúde e melhorar a saúde. Quando nos unimos, otimizamos a assistência e as compras de insumos e medicamentos. Com isso, todos saem ganhando”, disse o chefe do Executivo, que se comprometeu a ajudar os prefeitos na negociação junto ao Ministério da Saúde.

Teotonio Vilela se comprometeu a articular uma reunião em Brasília, com a presença dos senadores e deputados da bancada federal, para tratar do tema. “Já conversei com o secretário de Atenção à Saúde do ministério, Helvécio Miranda, que tem um grande comprometimento com o Coinsul. Estou à disposição para ajudar no que for preciso para somarmos forças”.

Atualmente, 11 municípios da 5ª e da 6ª Regiões de Saúde participam do consórcio. São eles Campo Alegre, Feliz Deserto, Igreja Nova, Jequiá da Praia, Junqueiro, Piaçabuçu, Porto Real do Colégio, São Braz, Teotônio Vilela, Coruripe e Penedo. A ideia é beneficiar 350 mil pessoas inicialmente com a otimização do investimento de recursos públicos.

O grupo foi criado com o apoio do Governo e tem como objetivos dotar as cidades de estrutura suficiente para cumprir as demandas não só de saúde, mas também de educação, turismo e gestão pública, potencializando os serviços ofertados regionalmente. O Conisul terá a atribuição de gerenciar os recursos, podendo receber investimentos estaduais e federais.

Nenhum comentário: