Rádio Web MJ

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Prefeitos e candidatos debatem a criação de consórcio de segurança pública no agreste

A Proposta de criação do Consórcio de Segurança Pública no Agreste de Alagoas reuniu nesta semana, em Maceió, representantes da região. A ideia do consórcio, motivada pelos índices de criminalidade que expõem municípios alagoanos no ranking das cidades mais violentas do país, segundo o Mapa da Violência 2016, é de Marcelo Rodrigues (PP), candidato a prefeito de Limoeiro de Anadia pela coligação PP/DEM (Limoeiro no Caminho do Bem).

Estiveram reunidos, além de Marcelo Rodrigues e Joãozinho Pereira, candidato a prefeito de Teotônio Vilela; os prefeitos de Campo Alegre, Pauline Pereira; de Taquarana, Bastinho Anacleto; Seninha, de Coité do Noia; Fernando Pereira, de Junqueiro; e Marlan Ferreira, de Limoeiro de Anadia.

Trata-se da primeira reunião para a apresentação da proposta, antecedendo uma série de encontros para apresentação de propostas e discussões para viabilização do consórcio de segurança pública, envolvendo os diversos setores da sociedade e da administração pública nas esferas municipal, estadual e federal.

Acolhendo a proposta como os demais participantes da reunião, a prefeita de Campo Alegre, Pauline Pereira, dispôs-se a levar o projeto aos diversos conselhos no município, no sentido de que se ampliem as discussões sobre a criação do consórcio de segurança pública no agreste.

Orçamento 

O prefeito de Limoeiro de Anadia, Marlan Ferreira, expôs a proposta de que o senador Benedito de Lira e o deputado federal Arthur Lira de seu partido (PP) se mobilizem junto ao Senado Federal e à Câmara Federal no sentido de que os recursos para a Segurança Pública passem a ser vinculados ao Orçamento da União, a exemplo da Saúde e da Educação.

Sua proposta dá-se pela preocupação com a escalada da criminalidade, que afronta a sociedade brasileira e deve ser freada com estrutura e ações adequadas.

Nenhum comentário: