Rádio Web MJ

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Prefeita Pauline Pereira participa de evento em Brasília sobre o Conisul

Ministro da Saúde garante apoio a projeto integrado da Região Sul de Alagoas

Nesta terça-feira 12 de novembro, a prefeita de Campo Alegre, Pauline Pereira, participou em Brasília de uma importante reunião com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Na ocasião, foram discutidas ações e investimentos para o Consórcio Intermunicipal de Saúde de Alagoas, o Conisul. Pauline Pereira representou além de Campo Alegre os municípios de Junqueiro e Teotônio Vilela.

Participaram ainda da reunião o governador de Alagoas Teotônio Vilela Filho, o secretário de Estado da Saúde, Jorge Villas Bôas, o presidente do Senado, Renan Calheiros, os senadores Benedito de Lira e Fernando Collor, além do presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Marcelo Beltrão, e prefeitos alagoanos que compõe o Conisul. 
O governador Teotonio Vilela reafirmou total apoio ao consórcio, e solicitou ao ministro a presença do Governo Federal nas ações, que serão voltadas principalmente para a melhoria da Saúde. "Os municípios estão com vontade de fazer dar certo, e esta ação vai beneficiar a Saúde em Alagoas e ajudar a desafogar o Hospital Geral do Estado (HGE), uma vez que esses municípios irão assumir e organizar a gestão em saúde. Vai ser exemplo para o resto do Estado", destacou Vilela.

Durante o encontro, os prefeitos entregam ao ministro Alexandre Padilha um estudo com as principais ações do consórcio, incluindo uma planilha com os procedimentos de serviços de saúde, como exames, consultas e cirurgias, que irão contribuir para melhorar o atendimento na região. Foi solicitado um incremento de R$ 32 milhões/ano para viabilizar e aumentar esses serviços.

O ministro da Saúde destacou a importância do consórcio e garantiu que o ministério irá estudar os investimentos e as ações apresentadas na região. “Todo o apoio será dado porque acreditamos que esse modelo de gestão pode dar certo. Vamos estudar como podemos incrementar os investimentos, seja por meio da implantação da Rede de Urgência e Emergência, pelo Coap, e outras ações, vendo inclusive a possibilidade de aumentar o teto para esses municípios”, ressaltou.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Jorge Villas Bôas, “o Governo do Estado busca apoio federal a fim de dar autonomia aos municípios para resolverem as questões de saúde da população da sua região. Os alagoanos poderão usufruir de um sistema de saúde que conta com consultas com hora marcada, hospitais sem filas e sem super lotações”, disse.

O Consórcio beneficia cerca de 350 mil pessoas de 12 municípios alagoanos, oriundos da 5ª e 6ª região de saúde. Ele otimiza o investimento dos recursos públicos e potencializa os serviços ofertados regionalmente.
No dia 26 de novembro, o Conisul estará realizando o 1º pregão eletrônico para compras de medicamentos e insumos. No total serão 126 medicamentos que terão seus preços otimizados, e outros municípios, que não fazem parte do consórcio, também pode adquirir. “Acreditamos que este modelo de gestão irá inspirar outros municípios alagoanos, e logo o Estado contará com mais agilidade e economia na gestão da saúde”, Observou o Superintendente do Conisul, Pedro Madeiro.

Nenhum comentário: