Rádio Web MJ

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Deputado Joãozinho Pereira receberá na próxima sexta-feira o título de Cidadão Honorário do município de Campo Alegre

Na próxima sexta-feira, dia 19 de dezembro, às 17:00 horas, no Plenário Vereador Sebastião de Oliveira Gomes, a Câmara Municipal de Campo Alegre vai oficializar como o mais novo filho da cidade, com o titulo de Cidadão Honorário de Campo Alegre, o senhor João José Pereira Filho, o deputado Joãozinho Pereira.
A autoria é do vereador Josevan Batista (Van do Careca), através de Decreto Legislativo aprovado por unanimidade.

Conheça mais sobre o homenageado:

João José Pereira Filho, o Joãozinho Pereira, nasceu dia 21 de abril de 1977, no município de Penedo. Filho de João José Pereira (in memoriam) e de Zirlene Soares Pereira, o jovem deputado estadual é casado com Izabelle Monteiro Alcântara Pereira e primeiro filho homem de quatro irmãos, sendo duas irmãs, Josirlene e Pauline e dois irmãos, Zirleno e o também jovem prefeito de Junqueiro, Fernando Pereira.
Com traços de sua tradicional família política, tendo seu pai João José como ex-vereador e ex-prefeito de Junqueiro por cinco mandatos, desde muito jovem Joãozinho Pereira já apresentava sinais de que seria um político atuante e com visão de desenvolvimento.

Sua vocação política vem muito antes de seu nascimento, com seu bisavô, o pecuarista e dono de Engenho, Manoel Pereira Filho, conhecido como seu Né ou Nezinho Pereira, que após a revolução em 1930 foi o primeiro intendente de Junqueiro (prefeito) pela aliança liberal. O seu avô, Teófilo Pereira, também foi prefeito, assim como seu pai João José.

Joãozinho Pereira iniciou sua trajetória política ainda muito jovem, com 17 anos, quando seu pai se ausentou no período de campanha eleitoral para reeleição em Junqueiro devido a problemas no coração. Defendeu com muita garra e competência mais uma eleição vitoriosa de João José Pereira.

Com a vitória de seu pai, Joãozinho foi tomar conta de uma frota de nove caminhões na empresa de sua família e, a cada seis meses intercalados, passou nos estados do Mato Grosso, São Paulo e Minas Gerais e nas usinas Triunfo, Roçadinho e Guaxuma, esta localizada no município de Coruripe, mas com vínculo em Teotônio Vilela.

Foi quando Joãozinho se ausentou das empresas de seu pai após três anos de trabalho e administração passando o comando da empresa para seu irmão Zirleno, com o objetivo de disputar a prefeitura de Teotônio Vilela e, com muito trabalho e determinação, resgatar a cidadania e acabar com o sofrimento daquelas pessoas.

Sua dedicação pela continuidade do crescimento de Teotônio Vilela não acabou com o fim do segundo mandato de prefeito. Com a posse de seu sucessor Peu Pereira e como secretário de Desenvolvimento, auxiliando no planejamento de projetos como abastecimento de água e infraestrutura e, desta forma, deu continuidade às grandes conquistas na melhoria de vida da população do município.

Por toda essa trajetória política reconhecida, foi convocado pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) a se candidatar a deputado estadual e aceitou determinando para si o desafio de fazer um mandato em defesa dos municípios alagoanos, sendo o deputado estadual mais votado de Alagoas, no pleito de outubro de 2010, com mais de 64 mil votos.

Na eleição, ocorrida em 2000, Joãozinho saiu vitorioso e foi eleito pelo povo que acreditou nas suas propostas como o prefeito mais jovem do Brasil, com 23 anos. É o início de uma carreira política promissora e cheia de ideias. Todas elas colocadas em prática durante dois mandatos consecutivos. Período este que se estendeu de 2001 a 2004 e com a reeleição de 2005 a 2008.

Os oito anos de mandato de Joãozinho foram fundamentais para a transformação de Teotônio Vilela, que deixou de ser uma cidade com um dos piores índices de mortalidade infantil, de precária infraestrutura, saúde, educação e carente de cultura e lazer, para ter o reconhecimento de organismos internacionais, nacionais e estaduais e principalmente o orgulho da população daquele município.

Quando prefeito, Joãozinho Pereira fez muitas parcerias para conquistar o desenvolvimento da cidade. A mais notória e marcante foi a parceria com a Pastoral da Criança no combate à mortalidade infantil.

O ministro José Serra, que àquela época foi considerado o melhor ministro de Saúde do mundo, fez questão de lançar regionalmente em Teotônio Vilela o Bolsa Alimentação, programa voltado para o auxílio na alimentação das crianças e das mães dos recém-nascidos, em reconhecimento ao trabalho de Joãozinho no combate à mortalidade infantil. Em 2002, de forma corajosa, Joãozinho deu início ao projeto Barriga Cheia, que teve o reconhecimento em 2005 da Fundação Banco do Brasil, com a entrega do Prêmio de Tecnologia, em São Paulo, ao prefeito e ao secretário de Agricultura à época, Gordivaldo Vilela, por ser um dos cinco melhores projetos do Brasil na área da agricultura, devido à geração de renda e garantia de mais alimento na mesa do trabalhador.

Em sua administração constam a criação da Secretaria Municipal da Mulher e do Idoso, o Centro Educacional Vovó Zirlene, voltado para a educação infantil e amparo às crianças em creche sendo uma das melhores do Brasil em municípios de interior, a entrega de duas mil casas populares e o desenvolvimento dos povoados.

Como prêmios recebeu em 17 de agosto de 2007, com o apoio da Petrobras, Senai, Fecomércio, Senac e Sebrae, certificado de Honra ao Mérito pela empresa Master Visão pela expressiva participação no I Encontro Nacional de Empregabilidade e Gestão de Emprego e Renda no Brasil; na edição de maio de 2007 da Focus Pesquisas, teve o reconhecimento através de pesquisa de opinião pública pelos bons serviços prestados à população vilelense e no mesmo ano, recebeu prêmio de melhor gestor na aprovação de contas pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

Ainda no segundo mandato teve mais reconhecimentos e, através da Lebrum Cultural Ltda, lhe foi conferido o Título “O destaque em educação” pela sua participação, dedicação e notável interesse no desenvolvimento do ensino de Teotônio Vilela. Em novembro de 2005, o Exército brasileiro o conferiu diploma de agradecimento pela participação na ação cívico social, realizada em seu município.

Já no primeiro mandato recebeu o reconhecimento, em 18 de dezembro de 2001, da diretoria da Associação dos Detetives Profissionais e Agentes de Segurança Independente de Teotônio Vilela, com o título de Honra ao Mérito pelos relevantes serviços prestados à entidade, aos detetives e à comunidade.

A solenidade acontecerá no plenário da Câmara Municipal de Campo Alegre, na próxima sexta-feira (19) às 17h:00m e contará com a presença de autoridades, familiares e publico em geral.

Com ASCOM CMCA

Nenhum comentário: